sexta-feira, 24 de abril de 2009

Condominio Terra - Bases...

"Gaia, Conceito Universal

Gaia é uma teoria científica, elaborada por James Lovelock, que apresenta o planeta Terra como um único organismo vivo. A teoria foi apresentada em 1969 afirmando que é a biosfera que gera, mantém e regula as condições para a sua própria sobrevivência. O nome escolhido para esta teoria foi o de GAIA devido ao facto de na mitologia grega, GAIA ser a deusa da Terra. 
A abordagem holística da teoria de Gaia, é profundamente inovadora pelo trabalho extremo de juntar o que estava separado e assumir o desafio de pensar global, e arriscar pelos caminhos complexos da interdisciplinaridade.

Gaia, Deusa da Terra

Na mitologia grega, GAIA é a personificação da Terra como Deusa . Foi uma das primeiras divindades a surgir no universo, e mãe de todas as coisas. Nasceu imediatamente depois de Caos. E é a deusa Gaia que, ao separar a terra dos céus, vem ordenar o cosmos e terminar com o caos. Neste processo dá origem a inúmeras outras divindades e também aos oceanos, às montanhas, às plantas, aos animais…Por isso ela personifica a origem do mundo, o triunfo, a propiciadora dos sonhos, a protectora da fecundidade e dos jovens. O nome Gaia, Géia ou Gê, é utilizado como prefixo para designar as diversas ciências relacionadas com o estudo do planeta, como por exemplo: Geografia, Geologia. 

Gaia, Cidade Portuguesa

No norte de Portugal, na margem sul da foz do rio Douro, frente à Cidade do Porto, está localizada a Cidade de GAIA a qual, pelo próprio nome, quer assumir-se como um local onde a questão da tão necessária organização da vizinhança global seja debatido, porque este é um problema de homens e mulheres. Embora palavra homónima, aqui, o nome GAIA tem origem diversa do nome da deusa grega. Esta teve origem na palavra Cale (ou Gale, no latim clássico). Desta ligação de proximidade entre vizinhos nasceu a palavra PortusCale que por sua vez evoluiu e deu origem ao nome do país – Portugal, que não deixa de significar o Porto de Gaia."

Sem comentários:

Enviar um comentário